sexta-feira, 26 de fevereiro de 2010

Sobrevivendo a 2012 – Parte DOIS.

Sobrevivendo a 2012 – Parte DOIS.
(Click nas imagens para aumentar)

Uma outra idéia mirabolante que se me ocorre para salvar minha pele e da minha família em 21 de dezembro de 2012, (danem-se as jirafas, (Girafas) os elefantes, os tigres e principalmente as antas!) é a construção de um dirigível mais ou menos como este da foto (meu pai que bateu) de junho de 1934, quando o Graff Zeppelin alemão passava sobre Montevideo, Uruguai, indo em direção a Buenos Aires, Argentina:





Os alemães inventaram isso no início do século XX e fins do XIX.

O Conde Ferdinand von Zeppelin foi o inventor cujo nome ficou para sempre associado à sua invenção, assim como Ford.




Vejam o enorme Zeppelin pousado em Buenos Aires em Junho de 1934... Era grande mesmo!




Mas vejam as medidas do segundo dirigível, aquele do filme, que foi sabotado por um agitador pró-guerra ao chegar aos Estados Unidos.
O troço era grande mesmo, comparem com um dirigível atual e um Boeing 747:






Poderia ser uma so
lução mais barata do que a arca, e a estação espacial (outra idéia mirabolante) e, tendo em conta de que pode manter-se no ar por tempo indefinido, mais do que um Antonov 225 e um Boeing 747, sem falar no consumo mínimo de combustível, poderia ser o achado ideal para escapar.



Vejam como é simples:


Era um aparelho bem eficiente, com o defeito de ser carregado com o inflamável hidrogênio, já que o hélio, um gás neutro não inflamável (embora menos eficiente), era monop
ólio dos Estados Unidos, que se negaram a vende-lo aos alemães nos anos trintas porque já estavam com a idéia de fazer-lhes a guerra desde 1934, e não queriam que o futuro inimigo tivesse mais essas vantagens.

Nada novo sob o sol; mais o menos como a celeuma atual e rasgação de vestiduras por conta da energia atômica dos iranianos nos dias de hoje, mas isso é outra história, e como digo sempre:

AQUELE QUE ESQUECE A HISTÓRIA; É OBRIGADO A REPETI-LA!

*******

7 comentários:

  1. gracia
    uno http://aerocrat.livejournal.com

    ResponderExcluir
  2. É bom saber que os russos já estão pensando o mesmo que eu.

    ResponderExcluir
  3. Girafa é com G, não se escreve com J !!!!

    ResponderExcluir
  4. Meu caro Doutel: Muito obrigado pela correção. Abençoados sejam os Revisores!
    (Jirafa está em espanhol. Escapou! Sorry!)

    ResponderExcluir
  5. Полезно знать, что русские уже думал о том же, как и я.

    ResponderExcluir
  6. Sarrah, acho que dá pra fazer.. mãos a obra!

    ResponderExcluir

Responderei a todos os comentários.
Não se acanhe por causa da moderação. Se gostou, comente. Se não gostou critique, mas critique com criatividade, assim pode ser que seu comentário permaneça no blog por tempo suficiente para todos verem.
(As opiniões dos comentários não necessariamente refletem as minhas e às vezes nem as do autor dos comentários...)