domingo, 7 de fevereiro de 2010

Sobrevivendo a 2012 – Parte UM.

Construindo a arca
(click na imagem para aumentar os detalhes)

Muita gente já me perguntou ao respeito, e o que se me ocorre é a mesma idéia que ocorreu aos realizadores do filme 2012...

Idéia que aliás não foi deles, senão de Noé, em épocas pretéritas, e se cavarmos mais fundo veremos que o Noé talvez nunca existiu e que o gênesis foi copiado da Epopéia de Gilgamesh, não o Imortal, senão o verdadeiro... Aliás... Talvez o dois seja o mesmo, e o velho Gilgamesh esteja lendo este blog e dando risadas, sabendo que ele se salvará de mais um fim do mundo e nós seremos esmagados...

De todos modos, vamos por partes:

A questão é:

*******-

Primeiro:

O capitão da arca achará um lugar alto e protegido para construir a mesma.

Segundo:

Construir a arca.

Terceiro:

Equipar a arca com determinadas comodidades, como banheiros e uma cozinha, além de quartos com beliches para os passageiros e tripulantes.

Quarto:

Equipar a arca com motores para se movimentar livremente. (a de Noé ficou à vontade do deus Eolo).

Quinto:

A arca deverá possuir bastante espaço para estocar comida não perecível e água.

Sexto:

A arca deverá possuir um sector zoológico para preservar animais comestíveis, como galinhas, patos, ovelhas, vacas e javalis.

Sétimo:

A arca deverá possuir equipamento de pesca, para o caso de que a vida marinha consiga se salvar.

Oitavo:

Os motores da arca não precisam ser os diesel poderosos do filme, mas um sistema de rotores movidos por vento. Também pode ser uma turbina de vapor movida por um maçarico oxhídrico, (hidrogênio e oxigênio – o que não vai faltar no que restar do mundo, a não ser que o sol se transforme numa supernova – aí defecaremos fogo.)

Nono:

A arca deverá ter uma biblioteca pequena, mas selecionada, só com o melhor do melhor que a humanidade já produziu e os dez melhores livros que cada tripulante acha que deve salvar. Na Excelsa Lista de discussão dos trekkers já se tocou no assunto e em outras listas também. Há quem pense em salvar livros em CD, filmes em DVD...

Mas eu pergunto:

Cadê a eletricidade para tocar a coisa??

“Isso mesmo.

O que vocês vão salvar na arca?

Um grupo de amigos daqui e eu já fizemos uma lista de dez livros por cabeça que vamos levar para a arca.

Filmes e músicas não servem.

Não haverá eletricidade para rodá-los...”

*******.

“O problema de 2012 é que provavelmente faltará energia elétrica na hora do Grande Espetáculo... Estou providenciando um estoque de cerveja, mas terei de igualmente providenciar um gerador, porque cerveja quente não dá...”

*******.

“Gerador da Stemac. São brasileiros com motor sueco, Montados na avenida Sertório com a Pernambuco em Porto Alegre. Te apresento aos chefes, eu fiz uma consultoria de seis meses lá.”

*******.

“São muito caros. Um pequenininho, chinês, já quebra o galho”.

*******.

“Tinha que ser chinês...!”

*******.

“No filme 2012, quando o figurão americano vê as arcas diz:”

"-Só podia ser coisa de chinês!"

*******.

“Podia ser um Honda japonês, é do tamanho de uma mala de viagem. Pesa menos de 20 quilos.”

*******.

"...forrar todos os deck superiores e telhados da arca com celulas fotovoltaicas de ultima geração associadas com aquecimento solar de agua potavel um link direto com satelites meteorologicos que tambem sejam bons em fornecer imagens da superficie, pelo tempo em que ainda estiverem funcionando."

"...Escrituras de varios lotes em Brasilia e cercanias. (a áfrica não será a unica sortuda)
uma frota de Aquadas, pelo menos 4 um minisubmarino com capacidade para 400m de profundidade com equipamento de resgate pesado."
Décimo:

Tendo providenciado, comida e bebida, vamos à parte mais difícil: Quem escolheremos para nos acompanhar nessa jornada que pode ser a última??

Estou aberto a sugestões. A arca estou providenciando com instruções para começar a construir.

Não perca tempo.

*******.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Responderei a todos os comentários.
Não se acanhe por causa da moderação. Se gostou, comente. Se não gostou critique, mas critique com criatividade, assim pode ser que seu comentário permaneça no blog por tempo suficiente para todos verem.
(As opiniões dos comentários não necessariamente refletem as minhas e às vezes nem as do autor dos comentários...)