quinta-feira, 1 de outubro de 2009

O Pasado do Sistema Solar V


A queda do Império Raniano...
...produziu-se por todos estes fatos. Os ranianos defenderam corajosamente seu sistema ao alto preço da destruição do seu mundo-mãe.
Alakros; cuja esfera media cinqüenta mil anos-luz de diâmetro, atrás da constelação do Escorpião, perdeu trinta milhões de belonaves, o grosso da sua frota, com o que não pôde continuar controlando sua esfera. Milkar, então, invadiu a esfera alakrana, provocando o fim da ocupação em mais de mil planetas importantes. A notícia espalhou-se e em quase dez mil planetas estourou a revolução. Séculos depois, o Império entrou em colapso. Milkar conseguiu sitiar o próprio planeta Alakros, e este, para romper o sítio teve que chamar a todas as belonaves remanescentes espalhadas pela esfera, dando lugar a uma pavorosa batalha na qual ambos bandos sofreram perdas terríveis e totais. A frota milkara foi destruída, mas Alakros já não conseguiu recuperar-se e não pôde contra-atacar. Então sobreveio uma paz cósmica que durou
dez mil anos. Os impérios estavam demasiado ocupados curando suas feridas, para pensar em guerras. Nesse meio tempo, os ranianos já tinham sido sufocados em suas colônias e Ran já não existia, nem como mundo, nem como Império.
*******

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Responderei a todos os comentários.
Não se acanhe por causa da moderação. Se gostou, comente. Se não gostou critique, mas critique com criatividade, assim pode ser que seu comentário permaneça no blog por tempo suficiente para todos verem.
(As opiniões dos comentários não necessariamente refletem as minhas e às vezes nem as do autor dos comentários...)