sábado, 3 de outubro de 2009

Gilgamesh, O imortal - Continuação - O pacto.

O pacto.

"O pacto do qual saí revestido de imortalidade, pacto no qual Utnaphistim, o marciano, conseguiu, graças a mim, escapar da armadilha em que para ele se havia convertido meu mundo, e em pago me inundou de fogo."

"Um fogo que penetrou até meus ossos e me transformou numa estátua de carne, na qual os séculos, e as centenas de séculos não conseguiram destruir..."









O colapso:
O desborde de tecnologia em mãos de seres ainda imaturos...

...que levou à explosão final...
...e à regressão...

E a humanidade nunca esteve tão indefesa como agora, justamente quando os predadores aproximavam-se...







Como sempre, click nas imagens para ampliar.

(continua, é claro)



4 comentários:

  1. A não ser que eu me engane, a história está tomando um rumo previsível...

    ResponderExcluir
  2. Não devemos nos esquecer que se trata de HQ antiga. A concepção era outra. Mais singela, talvez.

    ResponderExcluir
  3. Mas também não esqueçamos que se trata de uma HQ não norte-americana.
    Uma HQ argentina, embora com certas influências do norte, tinha outra visão além do preto e branco maniqueísta das HQ americanas de Superman e Batmam da época.

    ResponderExcluir
  4. Muito interessante a história!

    ResponderExcluir

Responderei a todos os comentários.
Não se acanhe por causa da moderação. Se gostou, comente. Se não gostou critique, mas critique com criatividade, assim pode ser que seu comentário permaneça no blog por tempo suficiente para todos verem.
(As opiniões dos comentários não necessariamente refletem as minhas e às vezes nem as do autor dos comentários...)